29 de jan de 2009

A Argila e Eu

Meu encontro com a argila se deu meio que por acaso, ou talvez seja a tal da "sincronicidade" que falava Jung.O desejo de fazer algo na área das Artes sempre foi pouco levado à sério por mim, sempre atolada em vários outros probleminhas rotineiros ou não. O processo criativo sempre me fascinou, mas nunca houve tempo para uma dedicação mais profunda, até que numa certa manhã acordei um tanto inspirada e pensei: "- É tempo de eu procurar algum lugar para fazer algo artístico. Essa vida rotineira não dá. Virei um "Zumbi". O que poderia ser? - (devaneios matinais e sonolentos). Eu gosto de desenho, pintura, escultura. É, talvez moldelagem seja a minha praia. Mas, como começar???"Lá pela começo da tarde entra em minha sala uma colega de trabaho, que me pergunta: "- Angela, que tal fazer um Workshop sobre Modelagem em Argila?". Meus olhos brilharam. Era exatamente a resposta às minhas perguntas. Três dias de aulas, imersão completa e o meu encontro comigo mesma. Apaixonei-me perdidamente por esta mistura de terra, água e uma infinidade de mistérios. Ela me leva à uma introspecção até então desconhecida e estupenda.Sinto que é um longo caminho, em que poderei descobrir mais e mais. É o meu lar! Minha Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Isto me ajudará e muito.

Meu Olhar - em andamento

Meu Olhar - em andamento
ano: 2013

CÍRCULO DA VIDA

CÍRCULO DA VIDA
ano: 2013 - Bronze e granito negro

LIVRE E SOLTA

LIVRE E SOLTA
ano: 2013 - Bronze e granito negro